/ governosp

Notícias

Prêmio São Paulo de Literatura anuncia romances vencedores da 13ª edição

Claudia Lage e Marcelo Labes
Divulgação

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado anunciou nesta quarta os dois ganhadores da 13ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura, o maior do País em premiação individual para romance. Cada autor receberá R$ 200 mil. A cerimônia de entrega está prevista para março de 2021.

A carioca Claudia Lage, que é escritora e roteirista, venceu na categoria de melhor romance de ficção, com a obra "O Corpo Interminável", da Editora Record. A obra reconstitui a história de uma mãe, guerrilheira, desaparecida durante a ditadura militar, a partir da investigação do filho dela.

O catarinense Marcelo Labes, escritor e poeta, venceu na categoria melhor romance de estreante, com o livro "Paraízo-Paraguay", da Editora Caiaponte. O título conta a história da imigração alemã no sul do Brasil do ponto de vista de um alemão que se tornou Voluntário da Pátria na Guerra do Paraguai.

O júri final do Prêmio São Paulo de Literatura foi composto pelos seguintes profissionais do segmento literário: Allison Leão, André de Leones, Camila Von Holdefer, Henrique Rodrigues, Karleno Bocarro, Maria Adélia Menegazzo, Mirna Queiroz, Paulo Cruz, Susana Scramim e Valéria Martins.